Músicos e poetas de Ermelino Matarazzo lançam coletânea musical



No próximo domingo, 28, a Coletânea Musical Ermelino Matarazzo será oficialmente lançada. O disco reúne obras de vários artistas que atuam no bairro e foi produzido ao longo de 2017 no estúdio SigoSom, em parceria com o Movimento Cultural Ermelino Matarazzo. O evento de lançamento acontece na Ocupação Cultural Mateus Santos, na Av. Paranaguá, 1633, a partir das 14h. A entrada é gratuita e o evento contará com apresentações dos artistas que compuseram a coletânea.

Produção

A seleção dos artistas priorizou aqueles que nunca haviam tido nenhum contato com estúdio musical. O que chama a atenção, além da qualidade dos artistas e da produção, é a diversidade musical do disco.

As faixas variam de poesias musicadas, dos poetas Kawan Oliveira e Mariana Felix, até faixas que se aproximam da música popular brasileira, como Pedaço Dela, por Mailcon Manara e Samba de Beira, por Dinho Negreiro. O rap também está representado pelo grupo Leste Gang, assim como a música gospel, com Sergio Mota. As cantoras Manu Veneno e Vitoria Vanique marcam presença no disco, destacando-se pela emoção que carregam em suas letras e vozes marcantes. Lino do Acordeon garante a presença da música nordestina na coletânea, enquanto o Grito de Matheus Andrade enriquece o trabalho com alguns contornos do rock brasileiro. O samba, grande expressão musical periférica, não poderia ficar de fora do disco e aparece no Hino do Samba de Tempo. Já o músico e poeta Luck Vas traz uma das faixas mais potentes do disco, “Libido”, com uma pegada bastante original e contemporânea.

Todas as faixas foram produzidas pelo produtor e multi-instrumentista Wester-Ly, responsável também por diversas outras produções de artistas independentes. Natural de Ermelino Matarazzo, ele é mais uma prova, em meio a tantas outras, de que o bairro é celeiro de grandes talentos.

CONFIRME PRESENÇA NO EVENTO!


14 visualizações

Apoio

© 2020 - Site em Creative Commons - SigoSom - PI

© 2017 - Associação de Arte e Cultura Periferia Invisível